A planta possui uma longa raiz cor de laranja e flores brancas que lembram uma bromélia. Sua fragrância, ao contrário do sabor amargo e picante, é suave e lembra uma mistura de laranja e gengibre.

Para aproveitar todos os benefícios dessa planta, sua raiz é transformada em um pó de forte cor alaranjada. A cúrcuma é muito utilizada na culinária como especiaria, além de ser aproveitada como remédio natural para o tratamento de inúmeros problemas de saúde, capaz de oferecer resultados extremamente positivos para o corpo e o cérebro.

Cúrcuma para que serve

Este ingrediente também é comumente usado como remédio natural, combate de resfriados, e até estados febris, melhora a digestão e o metabolismo, é antisséptico e antibacteriano.

Receitas com cúrcuma

A cúrcuma, também conhecida como açafrão-da-terra, é uma planta muito usada tanto para fins medicinais quanto na culinária, para aperfeiçoar receitas.

A cúrcuma pode ser comprada em farmácias de manipulação, lojas de produtos naturais e até mesmo em alguns supermercados. Hoje, já é possível também adquirir a especiaria em diversos sites pela internet.

A cúrcuma na culinária

A cúrcuma é uma especiaria muito utilizada na culinária, sendo componente do tempero pó de caril, também conhecido como curry, tempero tipicamente indiano. O pó alaranjado confere aos alimentos um sabor único, acentuado, amargo e picante, bem semelhante ao seu primo gengibre.

Devido à cor forte, a cúrcuma é também muito utilizada como um corante alimentício natural em macarrões, bebidas, mostarda, laticínios, saladas e outros. Outra forma de uso da planta na culinária se refere às folhas, que podem ser acrescentadas em receitas ou utilizadas para embrulhar peixes, bolinhos e outras receitas típicas indianas.

Cúrcuma, benefícios medicinais

A cúrcuma não é utilizada apenas na culinária, mas se trata de uma planta medicinal que oferece inúmeros benefícios à nossa saúde por ser rica em nutrientes, como vitaminas A, C, D, B6 e B12, bem como cálcio, ferro, manganês, fósforo, potássio, cobre, zinco, magnésio e muito mais. Pode ser aproveitada em forma de cápsula, extrato, pomada, gel, solução, bebida, chá e muitos outros.

Uma das substâncias presentes na cúrcuma é a curcumina, princípio ativo da planta e responsável pela redução do colesterol ruim, pela prevenção da coagulação sanguínea e por muitos outros benefícios da planta.

Outro benefício, segundo estudos, é a prevenção e tratamento do mal de Alzheimer, doença que atinge a capacidade de memória. A planta também possui propriedades anti-inflamatórias, o que pode ser muito importante para o alívio de dores e doenças inflamatórias, e antioxidantes, o que ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

Confira outras propriedades da cúrcuma para a saúde:

  • Ajuda a reverter o avanço do câncer;
  • Reduz os riscos de doenças cardíacas;
  • Favorece a saúde do cérebro;
  • Combate gripes e resfriados;
  • Ajuda a combater a depressão;
  • Facilita a cicatrização de ferimentos e queimaduras;
  • Possui propriedades antissépticas e antibacterianas, servindo como um poderoso desinfetante natural;
  • Combate os radicais livres, os quais podem danificar células sadias do nosso organismo;
  • Ajuda a desintoxicar o fígado;
  • Prevenção da diabetes;
  • Ajuda a proteger o sistema digestivo;
  • Auxilia no processo de emagrecimento;
  • Ajuda no combate à ansiedade;
  • Melhora o humor;
  • Pode ser usada no tratamento de dores de dente, gengivites e outros males relacionados à saúde bucal;
  • Alivia os sintomas da TPM (Tensão Pré-Menstrual);

A cúrcuma, além de servir como tempero e remédio natural, é muito utilizada também em cosméticos. Na Ásia, é bastante comum acrescentar a planta em máscaras faciais e pomadas que auxiliam no tratamento de pele oleosa. Outra forma de uso é para o tingimento de tecidos, servindo como um corante natural.

Muitas pessoas confundem a cúrcuma com o açafrão, outra especiaria que confere cor forte aos alimentos. A diferença entre as plantas está no valor, sendo o açafrão muito mais caro, e também no sabor e aroma.

Vale lembrar que o uso excessivo da cúrcuma pode causar algumas reações negativas no nosso organismo, como enjoos e irritação no estômago. Além disso, quem faz uso de medicamentos anticoagulantes ou está com as vias biliares obstruídas por causa de pedra na vesícula, deve evitar o uso da planta. Gestantes e lactantes devem consultar um médico antes de incluir a cúrcuma na dieta.

A cúrcuma, portanto, é uma excelente opção para quem deseja cuidar da própria saúde sem gastar muito. A especiaria pode ser consumida diariamente nos alimentos, proporcionando inúmeros benefícios à saúde.

Você conhece esse outro superalimento?

  • Chá de gengibre: uma das formas mais fáceis de aproveitar as propriedades benéficas do gengibre, é através do seu consumo em forma de chá. Uma bebida que serve para aumentar a imunidade e manter longe diversas doenças.

 

Se você gostou, não esqueça de avaliar o artigo

Avaliação: 0/5 (0 votos)
Por favor, ajude-nos a compartilhar esta página em suas redes sociais para que possamos alcançar mais pessoas que precisam de nossa ajuda nesses temas. Você só precisa clicar em um dos botões abaixo. Obrigado!

Participa, deixe seu comentário